Sunday, January 9, 2011

mas porque é que não faço isto mais vezes?

Perguntei-me eu ontem, já de regresso a Cambridge, depois de um dia bem passado em Londres, entre amigos e quadros. Passa uma pessoa o tempo a pensar que até nem é assim tão tonta e, de repente, apercebe-se que anda perder muito.
A ida à exposição não foi aquilo de que estava à espera - estava tanta gente, tanta gente à volta de cada um dos bonitos quadros de Gaugin, que raramente consegui apreciá-los com a atenção que merecem.
Andámos depois à procura de botões em retrosarias antigas, percorrendo ruas de Londres que desconhecia e que pareciam ser parte de uma outra cidade. A tarde já caía quando finalmente nos sentámos num pequeno café em frente a uma tábua de queijo, presunto e pão. Um dia bom, simplesmente bom.

1 comment:

eu minhoca said...

às vezes esquecemo-nos de nos dar um pouco de tempo fora da rotina quotidiana... e quando, ocasionalmente, nos lembramos... sabe tão bem...